Você é o maior exemplo para sua família

Ciência confirma: escrever seus objetivos ajuda a alcançá-los
7 de janeiro de 2016
Teste o seu canal preferencial
27 de abril de 2016
Ver tudo

Não existe um manual para os papéis que temos em nossas vidas e por isso, quanto mais aprendemos sobre nós mesmos, mais este autoconhecimento nos transforma em pessoas mais seguras, autoconfiantes, flexíveis e de bem com a vida. Quando você aprende algo novo e coloca em prática, automaticamente suas atitudes começam a mudar e consequentemente, você vira um exemplo de superação, uma referência de sucesso e de segurança para a sua família.

Quem sabe mais pode ensinar mais, principalmente para as crianças, motivo de nosso bate papo aqui. Quando você exerce o papel de pai, mãe, avós, tios, primos, irmãos bem mais velhos, professores, amigos da família, babá ou outra pessoa importante na vida de uma criança, você precisa saber que tudo o que você faz é um exemplo e modelo que ela vai seguir para o resto da vida.

As crianças são fascinadas pelo mundo adulto, um mundo ao qual ela quer pertencer, fazer parte e interagir de igual para igual. Você já foi assim um dia!

Mas a criança não sabe como funciona este mundo adulto e você como adulto é a peça mais importante na formação do modelo dela de como é ser adulto.

Tenho três questões para reflexão hoje:

Você está oferecendo o seu melhor para a criança?

Quando você ensina alguma coisa nova, você se preocupa em mostrar pelo menos dois lados da história para que ela possa aprender que nada é único, existem vários pontos de vista sobre um mesmo assunto e que escolhemos qual queremos seguir?

Você a considera como criança?

A criança precisa ser acolhida como criança, que não nasceu sabendo e que você é o responsável por ensina-la sobre a vida quando está com ela. Não a chame de burra, nem a faça sentir-se inadequada ou insinue qualquer coisa negativa sobre ela, pois o responsável pela comunicação é quem sabe se comunicar e se ela não entendeu é responsabilidade sua que não soube explicar diferente ou de novo e de novo e de novo.

Você demonstra congruência entre suas palavras e suas ações?

Muitos adultos falam para a criança que ela não pode fazer uma determinada coisa e no instante seguinte a autoriza a fazer ou pior ainda, eles mesmos fazem aquilo proibido na frente dela. Não podemos falar uma coisa e fazer outra na frente da criança, pois o que ela aprende é o que você faz e não o que você fala! Por exemplo, um pai ou uma mãe acaba de dizer para a criança que ela não pode gritar dentro do carro e daqui a pouco este pai ou mãe está berrando com o motorista do outro carro. Neste instante sua autoridade começa a ser questionada…

Lembre-se: seja o exemplo que você quer ver no mundo, seja o maior e melhor exemplo que sua família pode ter!