College student study in the class
Aprender é uma estratégia pessoal e muitas vezes precisa apenas de um pequeno ajuste e não necessariamente uma grande mudança!

Cada pessoa tem uma estratégia única de aprendizado e por não conhece-la, muitas vezes acaba dispendendo uma energia muito grande com poucos resultados em seus estudos.

A PNL estuda as estratégias mentais que o cérebro utiliza ou cria para atingir objetivos, sejam elas desde um novo aprendizado até atividades habituais como andar ou guardar o nome de uma pessoa. Assim, tudo o que pensamos e consequentemente fazemos, ou deixamos de fazer, possui uma estratégia específica.

Quando pensamos no aprendizado como um todo, temos estratégias que funcionam como por exemplo decorar um texto, e outras estratégias que não funcionam como por exemplo guardar números de telefones. E porque isso ocorre? Muitas vezes pelo simples fato de não sabermos que temos estratégias para tudo atuando em nossa mente e não sabermos que podemos altera-las, pois muito menos sabemos como alterá-las. Nunca nos foi ensinado como usar os recursos de nossa mente a nosso favor.

Esta informação nos faz pensar que se isso é verdade, então podemos fazer ajustes para usarmos as melhores estratégias para atingirmos nossos objetivos. Sim, isso é verdade, mas para alterar ou ajustar uma estratégia, primeiro precisamos descobrir como elas funcionam internamente.

É importante salientar que as estratégias que funcionam para uma pessoa, provavelmente não vão funcionar 100% para outra pessoa, porque cada uma tem necessidades e níveis diferentes de aprendizagem. É preciso descobrir sua própria receita de sucesso.

O profissional da PNL é quem vai poder te ajudar a descobrir sua forma de pensar, de processar as informações recebidas e de como ajusta-las 100% para a sua forma pessoal de aprender melhor e mais rápido.

Como isso acontece a prática: Quando assistindo uma aula e o professor fala a mesma língua que a nossa é muito mais fácil compreender sua mensagem, mas quando a linguagem dele é diferente da nossa, parece que a informação não entra em nossa cabeça. O caso mais crítico é quando a informação que ele passou é necessária para algo importante, como por exemplo uma prova, e você não consegue tirar uma nota boa. Com um resultado ruim é que muitas vezes percebemos que existe uma falha na comunicação, e isso vira um elevado fator de stress para os estudantes.

A maioria das pessoas nem sabe da onde vem tanto stress em suas vidas e nem que existe uma falha de comunicação acontecendo. Muitas vezes acabam se autorotulando de incapazes, de burras, de fracassadas e na verdade não é nada disso o problema…

Ao longo do processo de educação e da criação da referência de aprendizagem tivemos altos e baixos em nossos resultados e tiramos conclusões sobre estes momentos. O que a nossa mente fez com isso tudo? Generalizou estes momentos tornando este evento de referência uma verdade e isso te obriga a repetir a estratégia inicial invariavelmente em outros momentos de sua vida. A boa notícia é que isso pode ser reprogramado com as técnicas da PNL!

Quer saber mais informações, envie-nos suas perguntas ou comentários abaixo:

captcha